sábado, 28 de janeiro de 2012

Você têm poucos móveis? então esta é a solução para o seu problema

Quando há poucos móveis para decorar um espaço, a proposta precisa ser inteligente e aproveitar ao máximo o tamanho da divisão.
Para você fazer uma decoração com poucos móveis, é preciso saber tirar proveito de todos os espaços da melhor maneira possível. Sendo assim, é valido investir na distribuição adequada dos moveis dentro do ambiente e procurar  buscar o equilíbrio nos detalhes do design, tipos cores e tamanhos.
Porem algumas pessoas que tem que enfrentar o desafio de decorar um ambiente com muito espaço e poucos móveis. Dar um novo visual ao cômodo sem deixar espaços muito grandes pode ser possível graças aos itens mobiliários que são comercializados em diferentes tamanhos.
O mobiliário de uma casa deve ser composto por itens básicos e que garantam a funcionalidade do ambiente. Não é possível de se ocupar um espaço com um acessório tendo ciência de que está faltando uma peça considerada chave na decoração de um determinado cômodo.

Veja e siga uma proposta minimalista para decorar.

Desde o momento que um dono de residência trabalha com numero mínimo de móveis para a decoração de um ambiente, este proprietário esta valorizando o estilo minimalista. O objetivo da proposta é ressaltar a idéia de “quanto menos, melhor” e mostrar que o verdadeiro charme e elegância da decoração esta na simplicidade das combinações das peças.
A técnica do minimalismo também pode ser aplicada em qualquer tipo de ambiente, tanto grande como pequeno. Esta técnica  consegue reproduzir as características de uma decoração contemporânea e possui maior facilidade para montar uma composição polivalente.

A seguir algumas dicas úteis

1. Para não ter o trabalho com muitos móveis, o morador consegue fazer uso de truques de amplitude com mais facilidade em cômodos pequenos. Tomamos como exemplo, uma sala onde o espaço limitado pode ter sua iluminação otimizada através do uso de pinturas  nas paredes de cor branca. O uso de apenas móveis básicos na composição impede a sensação de aperto ou móveis entulhados.
2. Os itens mobiliários não podem ficar com espaço muito grande entre eles, afinal, isso pode causar a despersonalização. Quanto maior o espaço para decorar, maior liberdade o proprietário  tem para desenvolver seu projeto. Uma forma de compensar a ausência de determinados móveis é trabalhar com cores vivas, estampas e acessórios na decoração.
3. Na combinação de estampas na decoração do ambiente, é preciso ter cuidado para que não haja erro na hora de combinar os elementos. Por exemplo, duas estampas com padronagens diferentes podem dividir o mesmo cômodo, mas precisam manter uma harmonia quanto às cores.
4. No momento de  decorar uma área de convívio da casa, seja ela grande ou pequena, você deve se preocupar em combinar da melhor forma possível a circulação das pessoas. As linhas quadradas e móveis neutros correspondem a uma aposta perfeita para quem busca uma proposta simples, moderna e sofisticada.
Na compra de moveis para sua casa se preocupe em observar o tamanho do cômodo para escolher os móveis nas proporções corretas.
Em casos de dúvidas, entre em contato com um designer de interiores.




Nenhum comentário:

Postar um comentário